Quarentena: evite acidentes em casa com as crianças

evite acidentes em casa com as crianças pai segurnado filho de cabeca para baixo

Cada espaço da casa pode apresentar um risco

As crianças não podem sair para brincar e mesmo as  mais tranquilas e “pouco arteiras”, que estão em isolamento social por causa da Covid-19,  não estão livres dos acidentes em casa. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, (SBP), já houve um aumento dos casos de acidentes com crianças durante a quarentena.

Por essa razão,no  início de abril, a SBP divulgou um manual de orientação com o objetivo de ajudar pais, mães e responsáveis a evitar acidentes com as crianças. É uma divulgação oportuna e importante, principalmente durante a quarentena, quando pais precisam se desdobrar entre trabalho, trabalho caseiro e cuidar dos pequenos, sem o suporte de uma creche, escola ou babá. E, como aponta a SBP, cada espaço da casa e cada equipamento pode ter um risco a ser reconhecido e eliminado.

As recomendações são feitas de acordo com a faixa etária. Para cada etapa da vida, os cuidados vão se modificando. De acordo com o manual, o adulto cuidador precisa saber dos riscos que estão à volta da criança e do adolescente, bem como da capacidade física e mental de cada idade.

Ficar de olho nos pequenos é o principal conselho dos médicos no período de quarentena. Neste período, as crianças aguçam a curiosidade e acabam explorando cantos da casa que nunca tinham chamado a atenção deles.

Segundo os médicos, pelo menos 90% dos acidentes podem ser evitados.

Veja as dicas para evitar acidentes domésticos.

Cuidados com os  bebês: 

Evite acidentes em casa com as crianças - menina de olhos azuis - engatinhando dentro de casa
  • Nunca manipular líquidos ou substâncias quentes com o bebê no colo.
  • Não cozinhar com o bebê no colo.
  • Nunca deixe o bebê sozinho na banheira ou aos cuidados de outra criança.
  • Na hora do banho do bebê, se for usar banheira ou baldes e bacias, coloque primeiro a água fria, depois a quente para atingir a temperatura corporal (36º C). Experimente a temperatura com a região de antebraço.
  •  Lembre-se sempre de chacoalhar a mamadeira para uniformizar o calor e de testar a temperatura na região interna de antebraço. Nunca deixe o bebê mamando sozinho, nunca o alimente no berço ou deitado em carrinho, pois ele pode engasgar, aspirar e sufocar.
  • Com o bebê no colo, evite pisos lisos, molhados ou escorregadios.
  • Quando for trocar fralda, mantenha sempre uma mão segurando o bebê. Nunca deixe um bebê sozinho em mesas, cama e outros móveis, mesmo que seja por um instante.
  • Nunca manipule substâncias inflamáveis com o bebê no colo ou por perto.

Cuidados com crianças de várias faixas etárias:

  • Não deixe cadeiras, camas e bancos perto de janelas, pois as crianças podem escalar e se debruçar.
  • Instale grades ou redes de proteção nas janelas, sacadas e mezaninos.
  • Instale portões de segurança no topo e pé das escadas. Se a escada for aberta, coloque redes de proteção ao longo dela.
  • Cuidado com chão liso e tapetes. Não encere o piso e providencie antiderrapantes nos tapetes para evitar escorregões.
  • Escadas, sacadas e lajes não são espaços de lazer.
  • Crianças com menos de 6 anos não devem dormir em beliches. Se não houver outro local, instale grades de proteção nas laterais.
  • O uso de andadores não é recomendado, pois pode comprometer o desenvolvimento e causar sérias quedas.
  • Colocar proteção em volta de piscinas ou espelhos d’água. Para uma criança se afogar, bastam 2,5 cm de profundidade.
  • Não deixe o ferro de passar quente ao alcance da criança, mesmo que esteja desligado.
  • Nunca deixe remédios ao alcance das crianças, nem faça associação de medicamentos com balas e doces.
  • Não coloque produtos de limpeza em embalagens de alimentos e refrigerantes. A criança pode confundir e ingerir.
  • Evite também deixá-los na parte de baixo de pias e armários.

Mantenha as crianças bem longe da cozinha

  • cozinha é o lugar de maior risco para queimaduras e outros acidentes domésticos. Deve ser proibida para a criança e seu acesso impedido por portão.
  • Cabos das panelas devem ficar virados para dentro do fogão. Mas, o mais prudente  é sempre usar as bocas de trás do fogão.
  • Fogueiras, churrasqueiras, braseiros e fogos de artifício não são coisas para se deixar acessíveis às crianças de nenhuma idade.

Quer saber mais acesse o link abaixo da Sociedade Brasileira de Pediatria e consulte o manual – Os Acidentes São Evitáveis
https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/ACIDENTES_SAO_EVITAVEIS_artigo.pdf

About the author

Redação SO.U Movimento

Redação SO.U Movimento

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar.
Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Adicionar Comentário

Click here to post a comment