+Esporte

Quer acabar com a ansiedade e a depressão? Movimente-se

Mulher saltando na rua durante a caminhada - foto criada por Freepik

150 minutos de exercícios por semana combatem ansiedade e depressão

Um estudo realizado por pesquisadores de sociologia esportiva da Universidade da Austrália do Sul e da MSH Medical School Hamburg conprovou que malhar ou praticar esportes não apenas dá aquela aparência legal, mas também ajuda corpo e mente a funcionarem melhor, combatendo ansiedade e depressão e protegendo a mente.

Jovem garota sorrindo após exercitar-se - foto criada por drobotdean - Freepik

O trabalho avaliou justamente os níveis de ansiedade e depressão de 682 alemães praticantes de esportes sob diferentes condições, como intensidade e a influência de ambientes internos e externos nos resultados, bem como a prática coletiva em comparação a esportes individuais.

O que pôde ser observado é que os adultos  saudáveis com idades entre 18 e 64 anos, que seguiram as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS), isto é, praticaram 150 minutos de atividade física moderada por semana, ou 30 minutos cinco vezes por semana, apresentaram  melhor saúde mental em relação aos que não o fizeram.

Os pesquisadores também descobriram que as pessoas que não se exercitavam de acordo com as normas da OMS mostraram índices mais altos de depressão, quer tenham se exercitado em ambientes fechados ou ao ar livre, individualmente ou em equipe.

Há incríveis benefícios que o exercício regular pode ter sobre qualquer pessoa, seja em grupo ou praticado individualmente”, disse o Dr. Pedro Baches Jorge, ortopedista e fundador do núcleo de medicina esportiva do Hospital  Sírio Libanês, ao Sou Movimento.

Normalmente, a prática coletiva mantém o atleta engajado e energizado, enquanto o exercício individual é mais contemplativo e reduz o estresse, principalmente se for praticado em áreas verdes ou ao ar livre”, acrescentou o Dr. Baches.

Movimente-se sem exagerar

O estudo também descobriu que as pessoas que realizam atividades físicas de intensidade vigorosa geralmente apresentavam níveis mais altos de depressão.

“Moderação, portanto, pode ser a chave. Deve-se evitar a ideia de que “mais é melhor” e cair em um comportamento obsessivo de se pensar que é preciso fazer mais e mais, o que pode causar  mais estresse . Pense, apesar da laranja ser um ótimo alimento, nenhum médico recomenda 20 laranjas por dia.O equilíbrio é importantes em todas as coisas”,acrescentou Baches.

“Então, lembre-se que se exercitar 30 minutos por dia proporciona melhora do humor tanto quanto um antidepressivo, mas sem os efeitos colaterais”, disse Baches.

E se você não consegue praticar 150 minutos por semana? Embora essa seja a recomendação básica, às vezes, 10 minutos são tudo o que eventualmente você precisa para clarear a cabeça ou diminuir os níveis de cortisol. Mesmo que isso não seja suficiente para a saúde cardiovascular, qualquer movimento conta como exercício. Arrumar a cama e retirar o lixo pode ser o mesmo que dobrar, esticar e levantar halteres na academia. Seu corpo não sabe a diferença. Então, movimente-se!.

Quando você não se exercita

Parar de fazer exercícios por alguma razão, ou mesmo não praticá-lo, também  pode ter seus efeitos.

Analu Shiota, enfermeira, está trabalhando na linha de frente de combate ao Coronavírus. Mas ela tem uma grande paixão, as ultramaratonas e  já correu mais de 10 ao longo dos últimos 05 anos.

Ela ficou ansiosa e quase entrou em depressão, quando teve que parar de correr por alguns meses por causa das lesões que teve no joelho.De repente não podia mais treinar.

“Foi uma grande mudança.  Minha ansiedade aumentou demais.Não podia treinar e nem participar de competições por causa da lesão”, contou ela ao Sou Movimento.

Meses de reabilitação e treinamento de força “melhoraram tanto minha saúde mental como a  física”, disse ela. “Hoje sou uma grande defensora do exercício físico e seu impacto na saúde mental, estou conseguindo treinar nas horas de folga, em casa, nesse momento de pandemia”.

About the author

Redação SO.U Movimento

Redação SO.U Movimento

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar.
Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Adicionar Comentário

Click here to post a comment

Notícias do dia

Clínica SO.U – acesse o site

Clínica SOU - ortopedia