+Movimento

Salve a sua coluna no home-office

Ah! Quem nunca sonhou em trabalhar direto de casa?

Não ter que se estressar com o trânsito caótico, com transportes coletivos lotados, poder dormir 5 minutinhos mais e tomar o café da manhã com mais calma? Mas, o sonho de trabalhar em casa parece mais um pesadelo para boa parte de profissionais que de repente transformaram a mesa da sala em escritório.

Salve sua coluna no home office garota com laptop nos pes criada por freepik

A falta de mobiliário confortável tem afetado a coluna de muitos desses trabalhadores. O que pode ser feito para atenuar esses problemas de dores na coluna e no corpo?

Palavra do especialista

“É provável que o tempo de isolamento se prolongue, e mesmo após o término desse, é possível que muitas empresas sigam no sistema de home-office. Se não houver possibilidade de mobiliário adequado, deve ser tentado ao mínimo suportes na cadeira/mesa/tela do computador para que se tenha um bom apoio da coluna lombar, quadris, joelhos e tornozelos a 90 graus, e o centro da tela na altura dos olhos da pessoa sentada nessa posição”, salienta o ortopedista Dr Bruno Aprile, ortopedista, especialista em coluna vertebral da Clínica SOU.

Para a assistente administrativa Priscila Coelho, 32, trabalhar em casa tem sido um desafio. “Toda hora eu reclamo não só de dores na coluna, como também no pescoço. Além de trabalhar de casa, ainda estou com duas crianças comigo. É tensão dobrada”, desabafa.

Movimente-se no home office

Para casos como o da Priscila alguns procedimentos podem ser adotados tanto antes como depois do trabalho para evitar a tensão. “Atividade física regular, mesmo que doméstica, se possível combinada de exercícios de força e exercícios aeróbicos (polichinelo, correr no lugar, caminhar sem parar e etc) alongamentos da coluna, braços e pernas também auxiliam no alívio das dores de sobrecarga”, enfatiza o Dr. Bruno.

De quanto em quanto tempo a pessoa precisa se levantar para dar uma caminhada, por exemplo?

De acordo com o ortopedista, “para  se garantir uma boa nutrição dos discos vertebrais, que são os amortecedores da coluna, recomenda-se a movimentação da mesma a cada 40 ou 60 minutos. Levantar e caminhar um pouco, com alongamentos rápidos, já melhoram a situação”, recomenda.

É o que tem feito a assistente executiva de diretoria Ana Maria Borghesi, que também está vivenciando essa nova realidade de home office.

“Não tenho escritório em casa, a cadeira é comum, portanto, a gente usa o que tem. Já senti dores, principalmente na nuca, região do pescoço, pois sinto que os tensiono demais, mas estou me policiando e sempre que percebo algum incômodo, caminho pelo apartamento, me alongo, respiro fundo e sigo em frente”, diz Ana.

Vizinho fazendo barulho

Para o auxiliar de escritório Fábio Oliveira, 25, trabalhar em casa o deixa muito tenso, não apenas por conta do mobiliário inadequado. “Alguns vizinhos estão em casa, mas sem trabalhar e ouvem música alta, fazem muito barulho e estou trabalhando mais do que antes. Tento fazer alongamento, andar um pouco, mas não está surtindo efeito”.

Para que o alongamento tenha bons resultados é preciso se concentrar nas atividades, diz o Dr. Bruno. “ Nos momentos de exercício e alongamentos é importante que a pessoa se desligue do home-office, se concentrando nas atividades que está fazendo naquele momento, maximizando o efeito dos exercícios e por consequência o rendimento no trabalho”, finaliza o ortopedista.

Dr. Bruno Aprile

Dr. Bruno Aprile

Médico Ortopedista, especializado em cirurgias da Coluna Vertebral, com ênfase em técnicas minimamente invasivas como Endoscopia da Coluna, Infiltrações e Rizotomias.
Membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), Membro titular da Sociedade Brasileira de coluna (SBC ) e da Santa Casa de Misericórdia de SP.
R. Barata Ribeiro, 398 - 3º andar - Bela Vista, São Paulo - SP, 01308-000
Tel.: +55 (11) 3258-1706
http://www.clinicasou.com.br

Adicionar Comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Clínica SO.U – acesse o site

Clínica SOU - ortopedia