Séries Especiais - Ortopedia

A recuperação do LCA

Reabilitação de intervenção do ligamento cruzado anterior é processo lento com final feliz 

A cirurgia de reconstrução do LCA é o procedimento para os danos causados ao joelho pelo rompimento do ligamento cruzado anterior. O processo de recuperação,  inclui repouso, fisioterapia e um retorno progressivo às atividades, através de um plano e um cronograma estabelecido entre médico e paciente. Seguir esse plano de reabilitação é crucial para apressar a recuperação.

O processo de recuperação começa com o paciente adaptando-se ao uso temporário de muletas, após ser enviado para casa no mesmo dia do procedimento. Esse treino deve começar assim que o efeito da anestesia passar. O médico também irá orientar como tomar banho e todos os cuidados imediatos pós-cirúrgicos. 

Nessa primeira fase, esses cuidados incluem o trinômio repouso + gelo + elevação da perna, como forma de aliviar o inchaço decorrente da cirurgia. Dependendo dos sinais da recuperação, o médico poderá autorizar o paciente a forçar a perna, isto é colocar o peso do corpo sobre ela em até duas ou três semanas após o procedimento.

No período de cicatrização, o local da incisão deve ser mantido limpo e seco, e o curativo precisa ser trocado de acordo com a orientação médica.

Dicas para uma boa recuperação

Recuperar-se de uma cirurgia de LCA pode ser um caminho longo.Por outro lado, existem regras simples que podem  apressar a recuperação, atingindo bons resultados.

1. Atenção às recomendações médicas 

Logo após a cirurgia, o médico dará ao paciente todas as instruções para sua recuperação. Não só isso: ele  também escreverá essas instruções, e tudo que achar que agrega ao restabelecimento do joelho do paciente. A este, cabe atenção total a essas instruções, e o esclarecimento com o médico de eventuais dúvidas sobre processo de reabilitação.

2. Compromisso com a recuperação

Quem já atravessou processos de fisioterapia sabe que, vez ou outra, podem surgir tentações de faltar às sessões. Não faça isso: o manual da boa e completa reabilitação manda que o paciente só falte quando estritamente necessário, reprogramando de antemão a sessão que perderá.

3. Fisioterapia

A chave da reabilitação. É ela que vai permitir a retomada da estabilização do joelho e o ganho de força na perna. A rotina de exercícios exigirá do paciente? Sim. Mas cabe à ele  dar o seu melhor na execução das instruções do fisioterapeuta, independentemente do número de sessões que  serão recomendadas. Para casos de LCA, a média de duração da fisioterapia é de dois a seis meses ,atletas costumam voltar ao esporte em até oito meses.

4. Atenção aos medicamentos

Fator importante e complementar . A medicação prescrita tem que ser seguida, uma vez que, durante a fisioterapia, a dor pós-cirurgia precisa estar controlada, em prol da melhor performance do paciente.

5. Sono e alimentação

Incorporar proteínas magras e muitos vegetais à dieta na fase de recuperação, assim como dormir bem ajuda na recuperação do corpo e são passos fundamentais no processo pós-cirúrgico de LCA.

6. Não exagere

Aos primeiros sinais de melhora, a maioria dos pacientes de cirurgia de LCA se sente encorajada (o) em retomar imediatamente sua antiga rotina. Vá com calma: tire toda e qualquer dúvida, por menor que seja, com o medico, sobre atividades físicas, mesmo domésticas, que você pode ou não pode fazer nesse período.

7. A senha: paciência 

Para atletas, esportistas, ou mesmo para os demais pacientes, o período de recuperação pós-cirurgia nem sempre é algo fácil de lidar, psicologicamente falando. Mas seguir as recomendações médicas é a senha para o retorno às atividades regulares em um ano, no máximo. Esse período precisa ser de muita interlocução com o médico, que deve ser alertado ao primeiro sinal de qualquer reação adversa, tais como febre, inchaço persistente, dores anormais, sangramentos ou secreções na incisão.

Outros artigos da série Lesões do LCA

About the author

Dr. Pedro Baches Jorge

Dr. Pedro Baches Jorge

Médico Ortopedista, especializado em Joelho e Medicina do Esporte. Fundador do Núcleo de Medicina do Esporte do Hospital Sírio Libanês e Membro do Grupo de Trauma Esportivo da Santa Casa de São Paulo.
Diretor Científico da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Trauma do Esporte (SBRATE) e Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho (SBCJ)
Clínica SO.U – Unidade Bela Vista
R. Barata Ribeiro, 398 - 3º andar - Bela Vista, São Paulo - SP, 01308-000
Tel.: +55 (11) 3258-1706
http://www.clinicasou.com.br

Adicionar Comentário

Click here to post a comment

Notícias do dia

Clínica SO.U – acesse o site

Clínica SOU - ortopedia